Tel.: +55 11 5181.0222

Vendas no atacado sobem 45% e indicam crescimento gradativo

Março trouxe bons resultados para o setor duas rodas. Segundo balanço divulgado pela Abraciclo - Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, o anúncio do término da isenção da Cofins levou os consumidores às lojas para aproveitar o último mês do benefício, o que acarretou em um aumento de 35,3% nas vendas para o consumidor final em relação a fevereiro, e de 17,3% em comparação com o mesmo período de 2009.

A alta puxou o resultado do acumulado do ano, que ficou 9,6% acima do registrado no primeiro trimestre de 2009, acompanhando as previsões da entidade feitas em dezembro do ano passado.

As vendas no atacado (mercado interno) também registraram alta, ficando 45,6% acima do apontado em fevereiro e 27,9% maiores do que no mesmo mês de 2009. Foram comercializadas em março 169.285 motocicletas, ante 116 mil do mês anterior.
No trimestre, o setor duas rodas registrou a comercialização de 410.095 motocicletas, número 21,15% maior do que o apontado no mesmo período de 2009.

“Os dados são melhores do os registrados nos últimos 18 meses e apontam para uma recuperação do setor, que foi muito atingido pela crise econômica. Porém, agora, com o término da isenção da Cofins, não sabemos como será a reação do público e os reflexos nas vendas”, afirma Paulo Shuiti Takeuchi, presidente da Abraciclo.

O imposto, que acresce 3% no valor final do produto, estava isento desde janeiro deste ano, mas voltou a ser taxado a partir de 1º de abril.

“Acreditamos que os números continuem positivos, seguindo uma retomada geral do mercado. Caso contrário, avaliaremos as medidas possíveis de serem tomadas”, complementa Takeuchi.

JoomShaper